quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

NELSON PELEGRINO: VENDA DA EMBRAER PODE PREJUDICAR DEFESA NACIONAL

  O deputado federal Nelson Pelegrino (PT-BA), ex-presidente e atual vice-presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (Creden), considera “inaceitável” a decisão do governo federal de aceitar a compra da Embraer pela Boeing, incluindo a divisão militar.

“Esta decisão atenta contra a nossa soberania e vai de encontro à Estratégia Nacional de Defesa", diz Pelegrino. A informação foi anunciada pelo ministro da Defesa, Raul Jungmann, nesta quarta-feira 3. Segundo ele, "a Defesa torce para que essa parceria avance".

"O ponto central que nos levou à aquisição do Grippen New Generation com a SAAB, além do custo, foi a transferência de tecnologia, que a proposta da Boeing se recusava peremptoriamente. É um retrocesso. Essa decisão pode gerar uma crise militar. Pelo que conheço dos nossos militares, deve estar havendo muita insatisfação com essa decisão”, avaliou ainda o deputado.

Pelegrino apresentará requerimento à Comissão convocando o ministro Raul Jungmann, da Defesa, e convidando a Embraer. O parlamentar considera também que o comandante da Aeronáutica, Nivaldo Rossato, deve ser ouvido.

Para ele, a decisão do governo Temer põe em risco projetos com o cargueiro KC 390 e o projeto FX2. “O Congresso Nacional não pode ficar silente diante desta grave ameaça aos nossos interesses soberanos e de defesa”, reforçou o deputado. (247 BA)

CANDIDATO À REELEIÇÃO DEPUTADO ZÓ DIZ QUE JÁ TEM APOIO DE DEZ VEREADORES PARA O PLEITO DESTE ANO

 Acompanhado do vereador Reinaldo Sabino e de vários assessores o Deputado Estadual Crisóstomo Lima (Zó do PCdoB) participou na tarde desta quarta-feira (03) do Programa Geraldo José (Transrio FM/Juazeiro AM) oportunidade em que fez um balanço do ano legislativo em 2017.

“Para o meu mandato foi mais um ano bastante produtivo. Para o País também foi um ano bom, apesar das dificuldades, principalmente na economia. Juazeiro também conseguiu tirar leite de pedra, hoje eu fui ao Antônio Guilhermino e aquele saneamento tão polêmico e debatido em Juazeiro finalmente foi iniciado pela gestão Paulo Bomfim e com recursos próprios da municipalidade. E a Bahia, tanto o governador Rui quanto o prefeito Paulo Bomfim dão exemplo de superação” expressou inicialmente Zó.

HOSPITAL REGIONAL

Sobre o atraso salarial e a segunda parcela do décimo terceiro dos funcionários do Hospital Regional de Juazeiro, Zó comentou: “Nós estamos atentos e acompanhando esse processo, houve um atraso nos repasses desde o IMIP há três anos, a gente está discutindo a majoração desse contrato porque é em cima de outros hospitais que tem contrato com o Estado para pedir incremento de mais recursos no valor de R$ 3 milhões e 600 mil reais, bem como os atrasados no sentido de equilibrar esta situação”.

SAÚDE REGIONAL

Segundo Zó discussões estão bem adiantadas no sentido de instalar uma unidade hospitalar em Remanso com vistas a desafogar o setor em Juazeiro. “A UPA de Senhor do Bonfim que vai passar a ter UTI agora vai tirar uma carga de Juazeiro e da região, assim como a criação de uma unidade em Remanso que serviria ao polo de Pilão Arcado e Campo Alegre de Lourdes desafogando Juazeiro e região”.

POLÍTICA

Candidato à reeleição Zó falou sobre o apoio de vereadores e de lideranças da região. “Na eleição passada nós tivemos o apoio de cinco vereadores, hoje nós já contamos com o respaldo de dez dos vinte e um parlamentares que constituem a bancada na câmara, além de vários prefeitos de mandato, vice-prefeitos e lideranças da Banda “B” como a gente chama os candidatos que estiveram próximos de vencer as eleições passadas” concluiu o deputado do PCdoB. (Fonte:blog Geraldo jose)

SUPLENTE DA MINISTRA DO TRABALHO, CRISTIANE BRASIL É EX-PRESIDIÁRIO ACUSADO DE PARTICIPAR DE REDE DE EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS

 Irmão do ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho, o suplente parlamentar Nelson Nahim (PSD-RJ) deve assumir a vaga da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) na Câmara após ela tomar posse como ministra do Trabalho, na próxima semana.

A informação foi confirmada pela Secretaria-Geral da Mesa Diretora da Casa. Assim como Garotinho, que ficou preso por cerca de um mês no final do ano passado por crimes eleitorais, Nahin também é ex-presidiário.

Ele foi preso com outras 12 pessoas, em junho de 2016, numa ação da Polícia Civil e do Ministério Público, sob a acusação de participar de uma rede de exploração sexual de crianças e adolescentes, em Campos de Goytacazes (RJ). Na época da prisão, Nahim negou envolvimento no crime. Ele foi solto quatro meses depois, após habeas corpus concedido pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Como suplente, na atual legislatura, Nahim já assumiu mandato de deputado federal por duas vezes, em dezembro de 2015, por apenas um dia, e em janeiro de 2017, por cerca de duas semanas.

Na mesma coligação, ele também seria o eventual substituto do deputado Celso Jacob (PMDB-RJ), que cumpre pena em regime semiaberto por falsificação de documento público e dispensa indevida de licitação para construção de creche na época em que comandou a prefeitura de Três Rios (RJ), em 2002.

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

NORDESTE CRESCE EM MÉDIA 3,3% AO ANO E SUPERA NÚMEROS NACIONAIS

 Com crescimento de 3,3% ao ano de 2002 a 2015, o Nordeste, juntamente com Norte, que teve 4,3% de incremento e Centro-Oeste, com 4,1%, foram as regiões que mais aumentaram suas participações no Produto Interno Bruto (PIB). Sudeste e Sul também cresceram, 2,6% e 2,4%, respectivamente, o que levou a média nacional para 2,9% nos anos abordados na pesquisa.

Os Estados do Piauí, com crescimento anual de 4,8%, Maranhão (4,5%), Paraíba (4,1%) e Ceará (3,5%) são destaques no cenário nordestino no levantamento. Os números obtidos em setores como a Indústria, Agropecuária e Serviços puxam os bons resultados da Região. A Bahia continua com maior participação do Nordeste no PIB brasileiro, com 4,1%.

No período da coleta de dados, a maior variação nordestina ficou com o Ceará, que passou de 1,9% em 2002 para 2,2% em 2015. Setores da Indústria, elevados pela produção de eletricidade e gás, água e esgoto, atividades de gestão de resíduos e contaminação; Serviços com atividades financeiras, de seguros e serviços relacionados e Informação, comunicação e comércio intensificaram a economia do estado.

As informações são do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), área de pesquisas do Banco do Nordeste, com base nos dados disponibilizados pela pesquisa "Contas Regionais do Brasil 2002-2015", do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas, IBGE. Mais informações sobre o estudo no link: Diário Econômico 319/2017 – Etene

Ascom BNB

ELEIÇÕES: PRAZO PARA ELEITOR TIRAR OU TRANSFERIR TÍTULO TERMINA EM MAIO

 O prazo para o eleitor pedir à Justiça Eleitoral a emissão do título ou a transferência de domicílio termina no dia 7 de maio. Para resolver a pendência, basta procurar o Cartório Eleitoral mais próximo. O primeiro turno das eleições ocorrerá no dia 5 de outubro.

Pelo site da Justiça Eleitoral também é possível fazer o pré-atendimento antes de procurar os cartórios. Após preencher os campos de identificação, o usuário deve comparecer ao cartório com a documentação exigida para concluir o atendimento e receber o documento.

Para transferir o título de eleitor, nos casos de mudança de cidade ou de país, o cidadão deve comparecer ao cartório com documento de identificação com foto, título de eleitor e comprovante de residência. Quem mora no exterior, deve procurar as embaixadas do Brasil.

(Agencia Brasil)

Ministro Marcos Pereira entrega carta a Temer pedindo demissão

 Marcos Pereira, ex-ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom, Agência Brasil) O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, entregou nesta quarta-feira (3) ao presidente Michel Temer uma carta pedindo demissão do governo, informou ao Blog o ministro da Secretaria-Geral, Moreira Franco. O presidente já aceitou a exoneração.
Após Moreira Franco confirmar a exoneração do titular da pasta da Indústria, o próprio Marcos Pereira publicou uma mensagem em sua página pessoal no Facebook confirmando que havia pedido demissão.
"Caros amigos, colegas do PRB, povo brasileiro: entreguei hoje ao presidente Michel Temer meu pedido de demissão do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Cumpri com muita dedicação esta missão que me honrou muito. Abaixo segue a íntegra da carta. Obrigado a todos os secretários, servidores e amigos que fiz no MDIC nestes 21 meses. Saio satisfeito e feliz", escreveu.
Marcos Pereira alegou a Temer, segundo apurou o Blog, que precisava se desincompatibilizar do governo para "trabalhar" sua campanha para deputado federal. Pela legislação, ele teria até o início de abril para se desligar do cargo de ministro.
Ainda de acordo com Moreira Franco, com a saída de Marcos Pereira do primeiro escalão, não está garantido que o ministério continue sob o comando do PRB. "Isso ainda será discutido", ressaltou o titular da Secretaria-Geral.
Moreira destacou ainda que, por enquanto, não há nenhum nome cotado para assumir o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.
A demissão de Marcos Pereira é a terceira baixa no governo Temer desde dezembro do ano passado. Nas últimas semanas, também pediram demissão os ministros Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo) e Ronaldo Nogueira (Trabalho).
Bispo licenciado e presidente nacional do PRB, Pereira estava à frente da pasta desde maio de 2016, quando Temer assumiu interinamente a Presidência da República com o impeachment de Dilma Rousseff.
O presidente do PRB é alvo de um inquérito aberto no Supremo Tribunal Federal (STF) relacionado às delações da construtora Odebrecht. Delatores da empreiteira afirmaram ter feito repasses de R$ 7 milhões para o PRB, sendo que o pagamento teria sido feito diretamente a Marcos Pereira.
O agora ex-ministro também é suspeito de ter recebido propina do empresário Joesley Batista. O dono do frigorífico JBS gravou uma conversa na qual Marcos Pereira evitou falar a palavra dinheiro, mas mencionava números. Em meio ao diálogo, Joesley citou a palavra saldo e indica que estão tratando de repasse de propina.
Marcos Pereira sempre negou as acusações de que havia recebido propina da JBS.
Perfil
Advogado, Marcos Pereira é natural de Linhares, no Espírito Santo. Ele foi eleito presidente do PRB em 2011. O partido governista foi o primeiro a desembarcar do governo Dilma quando a crise que culminou com o afastamento da petista do Palácio do Planalto começou a se intensificar.
Pereira é casado há mais de 20 anos com Margareth Pereira. Aos 17 anos, pouco antes de se casar, abriu um escritório de contabilidade em sociedade com colegas de trabalho.
Em 2013, o presidente do PRB fundou um escritório, onde atualmente é responsável pelo planejamento e condução das atividades, segundo a biografia disponível no site do partido.

EMPRÉSTIMO A GOVERNADOR PETISTA IRRITA ALIADOS DE TEMER

  Enquanto o governo ameaça os aliados de retaliação se não votarem a favor da reforma da Previdência, o Banco do Brasil acaba de liberar R$ 600 milhões para o governo da Bahia.

O DEM e o PPS criticam a liberação do empréstimo porque o dinheiro chega para o governador Rui Costa (PT) justamente no ano eleitoral de 2018, quando Rui irá tentar a reeleição, segundo a coluna do Estadão.

Seu principal adversário na disputa será o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). Aliado do demista, Arthur Maia (PPS) já falou até em deixar a relatoria da Reforma da Previdência.

Já o senador Otto Alencar (PSD-BA), aliado do governador Rui Costa, diz que Temer prometeu liberar o empréstimo em troca de os deputados do PSD da Bahia ajudarem a garantir quórum na votação da segunda denúncia contra ele.

NELSON PELEGRINO: VENDA DA EMBRAER PODE PREJUDICAR DEFESA NACIONAL

  O deputado federal Nelson Pelegrino (PT-BA), ex-presidente e atual vice-presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (C...