domingo, 21 de setembro de 2014

COM 39,8%, DILMA BATE COM FOLGA MARINA E AÉCIO EM MG

 imagemA presidente Dilma Rousseff (PT) abriu uma vantagem surpreendente sobre os adversários Marina Silva (PSB) e Aécio Neves (PSDB) em Minas Gerais. Segundo pesquisa DataTempo, publicada neste sábado (20) pelo jornal O Tempo, Dilma cresceu 3,7 pontos percentuais em relação ao estudo anterior e possui atualmente 39,8% das intenções do eleitorado mineiro. Já Marina e Aécio aparecem tecnicamente empatados, com 22,3% e 21,1%, respectivamente. Segundo o DataTempo, Dilma também venceria as eleições em um eventual segundo turno.

A presidente Dilma Rousseff também aparece à frente dos adversários na pesquisa espontânea, com 36,9% das intenções de voto. Já Marina Silva registra 19,4%, enquanto Aécio Neves figura com 17,8%. A petista também leva vantagem no quesito rejeição. Dilma viu a sua rejeição junto ao eleitorado mineiro despencar de 26,1% em agosto para 21,9% em setembro. O ex-governador e senador Aécio Neves viu a sua rejeição crescer de 22,5% para 25,2%. Já o índice de rejeição da candidata do PSB passou de 7,6% para 12,1%.

No caso de um eventual segundo turno, Dilma também BATERIA os adversários nas terras mineiras. No caso de uma disputa entre Dilma e Aécio, a petista teria 49,8% dos votos, contra 32,8% do candidato tucano. Na pesquisa anterior, Dilma aparecia com 42,8%, enquanto Aécio tinha 32,5%. Em um eventual embate entre Dilma e Marina, a presidente seria reeleita com 47,2% dos votos do eleitorado mineiro, enquanto Marina teria 34,4%. No estudo anterior, realizado em agosto, Dilma tinha 43,1% e a ambientalista 38,1%. (247)

sábado, 30 de agosto de 2014

DILMA E MARINA EMPATAM NO PRIMEIRO TURNO, MOSTRA DATAFOLHA

Pesquisa Datafolha sobre a corrida presidencial, divulgada nesta sexta-feira (29), indica uma situação de empate entre a presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, e a ex-senadora Marina Silva, candidata do PSB. Cada uma aparece com 34% das intenções de voto. A seguir, vem o senador Aécio Neves (PSDB), com 15%. Na pesquisa anterior do Datafolha, divulgada no último dia 18, Dilma tinha 36%, Marina, 21% e Aécio, 20%.

Na simulação de segundo turno entre Dilma e Marina, a ex-senadora alcançou 50% contra 40% da presidente. Na pesquisa anterior, Marina tinha 47% e Dilma, 43%. No levantamento desta sexta, Pastor Everaldo (PSC) obteve 2%. Os outros sete candidatos somados têm 1%. Segundo o levantamento, os que disseram votar branco ou nulo são 7%, mesmo percentual dos que não sabem em quem votar.

Veja os números do Datafolha para a pesquisa estimulada (em que uma cartela com a relação dos candidatos é apresentada ao entrevistado):

- Dilma Rousseff (PT): 34%
- Marina Silva (PSB): 34%
- Aécio Neves (PSDB): 15%
- Pastor Everaldo (PSC): 2%
- José Maria (PSTU): 0% *
- Eduardo Jorge (PV): 0% *
- Luciana Genro (PSOL): 0% *
- Rui Costa Pimenta (PCO): 0% *
- Eymael (PSDC): 0% *
- Levy Fidelix (PRTB): 0% *
- Mauro Iasi (PCB): 0% *
- Brancos/nulos/nenhum: 8%
- Não sabe: 9%

(*) Os candidatos indicados com 0% são os que não atingiram 1% das intenções de voto; somados, os sete têm 1%.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo". O Datafolha fez 2.874 entrevistas em 178 municípios nestas quinta (28) e sexta (29). A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00438/2014 FONTE:G1.                     


quarta-feira, 27 de agosto de 2014

DILMA VETA PROJETO DAS EMANCIPAÇÕES E EMANCIPACIONISTA SE APROXIMAM DE MARINA SILVA.

.
 Após anuncio mais uma vez de veto presidencial sobre a matéria das emancipações, emancipalistas de todo pais inclusive de pernambuco, decidiram agendar encontro com a cúpula de Marina Silva, a articulação vem sendo traçada pelo movimento de Pernambuco que postula na assembléia legislativa mais de 30 distritos que estavam no páreo para virar cidades. A presidenta acabou mais uma vez com o sonho de vários distritos terem suas liberdades e as pessoas viverem em melhores condições com a divisão e aplicabilidade dos recursos constitucionais de forma mais justa para as sociedades.

Nós sociedade civis que fazemos o movimento de emancipação, somos a arma viva contra os interesses alheios a vontade popular, somos brasileiros não apenas na hora de votar, somos brasileiros para fazer a diferença contra as injustiças de um legrado de políticos interesseiros desse quilate. Que ponto chegou o governo de brincar com os sentimentos de uma legião de emancipalista que dormirão nas ruas da capital por mais de 08 vezes, defendendo um projeto, e este ser jogado duas vezes consecutivas pelas mesmas forças que detêm o comando do pais.

Neste pais democrático quem manda é o povo; e a raça desse povo bravo como diz a letra do hino nacional " brava gente brasileira, por onde vai temor seguir, ou ficar a pátria livre ou morrer pelo pais."

Nós emancipalistas não desistiremos e vamos a luta, viva a liberdade.

sábado, 12 de julho de 2014

Morre em São Paulo o médico e comentarista Osmar de Oliveira

Médico Osmar de Oliveira  (Foto: Reprodução / Facebook ) Faleceu nesta sexta-feira, aos 71 anos, o médico e comentarista esportivo Osmar de Oliveira. Doutor Osmar, como também era conhecido no meio do futebol, estava internado em São Paulo após uma cirurgia para a retirada de um tumor na próstata e também sofria com problemas pulmonares. Em julho de 2013, Osmar de Oliveira sofreu um infarto e também precisou ser operado.
Osmar de Oliveira formou-se em medicina no ano de 1969, na PUC, em Sorocaba. Especializou-se na medicina esportiva e trabalhou como médico do Corinthians, do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e da seleção brasileira de basquete.
Também foi comentarista e locutor esportivo, tendo passado por TV Gazeta (SP), Rádio Gazeta, TV Bandeirantes, SBT, TV Manchete, TV Cultura, TV Record e também na TV Globo, onde foi locutor entre os anos de 1980 e 1983.
O Corinthians, time do coração de Doutor Osmar, manifestou pelas redes sociais seu luto.
- Luto! Morre Dr. Osmar de Oliveira! Eterno Dr. OSMAR, corintiano roxoo, vai deixar saudades!  Descanse em paz, Dr. Osmar de Oliveira! Obrigado por sempre levar o Corinthians contigo. Nossas condolências e respeito à família.- publicou o clube via Twitter e Instagramm.
  Seu companheiro na TV Bandeirantes, o apresentador Milton Neves também enviou sua mensagem após o falecimento de Dr. Osmar:
- Descanse em paz, Doutor! Obrigado por cada programa juntos. Sentirei falta de seu corintianismo e amizade - publicou via Twitter.
O ex-jogador e também colega de trabalho de Dr. Osmar, Denílson publicou no Instagramm:
- Há 4 anos conheci um cara incrível. Já conhecia como jornalista, mais há 4 anos trabalhava com ele que era e vai continuar sendo uma referência em todos os sentidos. Um senhor simplesmente INCRÍVEL! Descanse em paz Doctor OSMAR obrigado por todas nossas conversas, aprendi muito com o senhor. Meus sentimentos a toda família.
O chefe de jornalismo do SporTV, Carlos Cereto, foi outro a reverenciar Dr. Osmar:
- Soube agora que faleceu o Dr. Osmar de Oliveira. Grande jornalista, médico e corintiano. Que Deus o ilumine - escreveu Cereto. fonte: G1

domingo, 22 de junho de 2014

Salgueiro: ‘Estação do Forró’ será aberta esta noite

Estação Salgueiro1_640x425Com sua programação junina aberta desde o dia 1º de junho, quando a comunidade celebrou a atividades católicas e profanas em torno das trezenas de Santo Antônio, encerradas no ultimo dia (20), o município de Salgueiro (PE), no Sertão central, terá um dos seus pontos altos na noite deste sábado (21). A tão esperada ‘Estação do Forró’ inicia a temporada de apresentações da programação de São João anunciada pela prefeitura.
Artistas de várias tendências musicais como Victor e Léo, Flávio Leandro, Garota Safada e Joquinha Gonzaga passarão por lá ainda hoje.
A eclética programação segue durante seis dias no espaço livre da antiga estação da Rede Ferroviária Federal, que este ano recebeu uma infraestrutura ainda maior. Outros nomes como Toca do Vale, Val Xavier, Jameckson e Banda, Bond Xote, Caninana, Pinga Fogo e Águia Dourada também farão a animação do público que for a Salgueiro. (Fonte/foto arquivo: Ascom PMS)

Greve dos funcionários da Viva Petrolina pode acabar hoje

greve viva petrolina_640x480 A greve na empresa Viva Petrolina pode terminar hoje, em mais uma assembleia da diretoria da empresa com os funcionários.
Até o presente momento a Viva já apresentou 3 propostas, sendo a última, resultado de assembleia realizada na sede da empresa neste sábado (21) com a participação de aproximadamente 100 funcionários – inclusive os membros da comissão formada para atuar nas negociações (e que já havia participado e aprovado acordo firmado na reunião realizada na sede da EPTTC ontem, 20/06).
Até o momento, segundo informações colhidas pelo Blog, a proposta conta com a adesão de 114 trabalhadores – o quadro total de funcionários é de 189 pessoas, das quais seis já ingressaram com ações judiciais para rescisão indireta de contrato de trabalho e encontram-se em processo de desligamento, não tendo, pois, interesse em retornar ao trabalho.
 Também entre os motoristas e cobradores, que totalizam 131 pessoas, 72 (55%) já se manifestaram, por escrito, pelo encerramento da greve. Alguns funcionários que, por conta do feriado prolongado, estão ausentes da cidade também já confirmaram, por telefone, que se reapresentarão a partir da segunda, 23/06.

Baiano, Ademário Costa assume vaga no Diretório Nacional do PT


As vésperas de começar a campanha eleitoral, os partidos e candidatos continuam em busca de posições que fortaleçam sua condição de disputa em 2014. Entre os deputados estaduais baianos, Marcelino Galo tem se mostrado habilidoso em costurar espaços para apoiadores em posições estratégicas no plano nacional. Depois de emplacar a historiadora Luciana Mandelli na Fundação Perseu Abramo e a jornalista Camila Vieira no Ministério dos Direitos Humanos, agora é a vez de Ademário Costa, seu coordenador de campanha, que assumiu, nesta sexta-feira (20), em Brasília, a vaga no Diretório Nacional do PT, em nome da tendência Movimento PT, que tem Marcelino Galo e o prefeito de Vitória da Conquista Guilherme Menezes como principais expoentes na Bahia.
O ingresso de Ademário Costa no time nacional dos dirigentes petistas agradou Geraldo Magela, Secretário Geral da Executiva Nacional do Partido, deputado federal por Brasília e pré-candidato ao Senado Federal. Ele comemorou a posse do baiano.  "A participação de Ademário Costa no Diretório Nacional e na convenção nacional que oficializará o nome de Dilma como nossa candidata fortalece o Movimento PT na Bahia, Estado fundamental para a eleição de Dilma. Lá a reeleição de Marcelino é nossa prioridade", afirmou o dirigente petista.
Tendo como principal missão o fortalecimento do partido com sua reaproximação dos movimentos estudantis e sociais, Ademário Costa, que já foi vice-presidente e Secretário de Finanças do PT da Bahia, afirmou que o aprofundamento e consolidação das transformações sociais e econômicas no Brasil, iniciadas com a eleição do ex-presidente Lula em 2002, são os grandes desafios da legenda para os próximos 4 anos.

MEC abre processo administrativo contra 6 faculdades na Bahia

O Ministério da Educação (MEC) abriu processo administrativo para punir 79 instituições de educação superior que obtiveram resultados insatisfatórios no Índice Geral de Cursos (IGC) e que não tenham assinado Termo de Saneamento de Deficiências do MEC. Seis delas estão na Bahia. A decisão e a lista de instituições estão publicadas no Diário Oficial da União desde a última quarta-feira (18).
O IGC é construído com base numa média das notas de cada instituição formando um indicador de qualidade dos cursos de graduação, mestrado e doutorado da mesma organização de ensino. O índice tem notas de 1 a 5 e é divulgado anualmente pelo MEC. As instituições com IGC 1 ou 2 estão abaixo da média e sofrem penalidades como suspensão de vestibulares e até fechamento do curso.
As instituições notificadas têm 15 dias, a partir do dia 18 de junho, para apresentar defesa à Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior do MEC. Quem não atingir o índice considerado suficiente fica impedido de firmar novos contratos do Programa de Financiamento Estudantil (Fies), de participar de processo seletivo para oferta de bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni) e do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).
Na Bahia, as faculdades que estão na lista divulgada pelo MEC são: Faculdade Católica de Ciências Econômicas da Bahia, Faculdade do Sul da Bahia, Faculdade do Descobrimento, Faculdade São Camilo, Instituto de Educação Superior Unyahna de Salvador e Faculdade Castro Alves.
G1 Bahia

Policiais Militares do 5º BPM apreende revólver com mulher grávida

http://www.ricardobanana.com/wp-content/uploads/2014/06/imagem313.jpgimagem1A Central de Operações do 5º BPM, após receber informações do efetivo da Operação Malhas da Lei, de imediato acionou o efetivo da GT 26105, onde informava que um homem armado com um revólver e acompanhado de uma criança e uma mulher estariam saindo do bairro codevasf em Juazeiro-BA, sentido Petrolina-PE, em uma bicicleta de cor vermelha, e ao serem vistos e acompanhados pelas câmeras de vídeo monitoramento, foi feita a abordagem aos suspeitos, pela GT 26105, de nome Antônio Gabriel da Silva, 26 anos e Cícera Maria da Silva, 26 anos, sendo encontrado em poder de Cícera Maria, um REVOLVER, calibre 32, marca INA, Nº de serie 7201 e 05 munições do mesmo calibre, os envolvidos juntamente com todo material foi entregue na 1ª DPC para as providencias cabíveis ao fato. BO nº 2964/14.
Assessoria de Imprensa do 5º BPM – Petrolina-PE

Em convenção nacional, PT oficializa Dilma para disputar a reeleição

imagem                                  O Partido dos Trabalhadores (PT) tornou oficial neste sábado (21) a candidatura da presidente Dilma Rousseff à reeleição. O nome de Dilma foi confirmado durante convenção nacional do partido, realizada em Brasília.
O presidente do partido, Rui Falcão, anunciou a oficialização da candidatura de Dilma logo no início do evento, às 11h50. Também foi confirmada a candidatura à reeeleição do vice-presidente, Michel Temer.
Dilma subiu ao palanque acompanhada do seu antecessor e padrinho político, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Ministros e lideranças petistas estiveram no evento. Pré-candidatos nas eleições de outubro subiram ao palco, como o ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha (candidato em São Paulo); o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (reeleição); a ex-ministra da Casa Civil, senadora Gleisi Hoffmann (Paraná); o ex-ministro do Desenvolvimento, Fernando Pimentel (Minas Gerais) e o senador Lindbergh Farias (Rio de Janeiro).
Convidado como dirigente de partido aliado, o presidente do PSD, Gilberto Kassab, foi vaiado pela plateia de petistas – a segunda vez em um evento do gênero. Em 2012, durante festa de aniversário do PT, o ex-prefeito também foi vaiado em Brasília. Outros dirigentes de partidos que comporão a aliança nacional de Dilma compareceram, como Renato Rabelo (PcdoB), Ciro Nogueira (PP), Valdir Raupp (PMDB), Eurípedes Gomes (PROS) e Manoel Dias (PDT).
O PT deverá contar com apoio de ao menos oito partidos no plano nacional: PCdoB, PDT, PP, PROS, PR, PSD e PRB (o PR fará convenção neste sábado para oficializar o apoio).
Neste sábado, o PTB, que até então se posicionava como aliado na campanha de Dilma, anunciou que vai apoiar Aécio Neves na corrida presidencial.
Antes de Dilma discursar, os delegados do PT encarregados de analisar a proposta de candidatura da presidente para mais um mandato fizeram uma votação simbólica. Os petistas ergueram suas credenciais para chancelar a tentativa de reeleição.
Balanço das ações do governo
Em seu discurso no evento, Dilma citou as ações dos governos petistas na área social, na economia e na política. Ela afirmou que as pessoas querem que a mudança no país continue “pelas mãos daqueles que já mostraram que têm capacidade”.
“O Brasil, temos certeza, tenho consciência disso, o Brasil quer seguir mudando pelas mãos daqueles que já provaram que têm capacidade de transformar profundamente o país e melhorar a vida do nosso povo. Nós tivemos a competência de implantar o mais amplo e vigoroso processo de mudança do país, que pela primeira vez colocou o povo como protagonista”, disse a presidente.
Dilma também fez referência a um mote petista sobre a eleição de 2002, segundo o qual “a esperança venceu o medo”, e disse que, nesta eleição de 2014, “a verdade deve vencer a mentira, a desinformação”.
“Quero falar sobre as grande mudanças que vamos enfrentar. Aliás, não paramos de enfrentar desde o dia em que tomei posse. Se no início a esperança venceu o medo, nesta eleição a verdade deve vencer a mentira e a desinformação. A verdade deve vencer a mentira e a desinformação”, completou Dilma.
A presidente ainda afirmou que assumiu o governo em um momento de crise financeira internacional e que o governo dela soube fazer o Brasil resistir aos efeitos da turbulência.
“Quando assumi o governo, o mundo era um, pouco tempo depois, o mundo era outro. A verdade é que a crise econômica financeira internacional ameaçou não apenas a estabilidade das economias mais desenvolvidas do mundo, mas boa parte também do sistema político ao aumentar o desemprego, ao abolir direitos, ao semear nesses países uma imensa desesperança. Aqui no Brasil, porém, dessa vez, o nosso país não se rendeu, não se abateu nem se ajoelhou como fazia diante de todas as crises do passado”, disse a presidente.
“E sempre que as dificuldades aumentavam e o governo recebia pressões, eu repetia: ‘eu não fui eleita para trair a confiança do meu povo, para arrochar os salários do trabalhador.
Essa não é a minha receita, não fui eleita para vender o patrimônio público como fizeram no passado, para mendigar dinheiro para o FMI, porque não preciso colocar de novo o país de joelho como fizeram. Fui eleita, sim, para governar de pé e com a cabeça erguida’ “, completou Dilma.
Lula
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva discursou durante a convenção. Logo no início de sua fala, ele fez questão de ressaltar que não há “divergência” entre ele e Dilma. Antes de o PT oficializar o nome da presidente como a candidata, houve movimentos dentro do próprio partido que tentaram dar força para o “Volta, Lula”, como uma forma de fazer Lula candidato no lugar da presidente.
“A gente vai provar que é possível uma presidenta e um ex-presidente terminarem seu mandato sem que haja nenhum atrito entre os dois, numa demonstração de que é plenamente possível o criador e a criadora viverem juntos em harmonia. Quando houver divergência entre a Dilma e eu, a divergência termina porque a Dilma sempre estará certa e eu estarei errado”, afirmou o ex-presidente.
Ele também comentou os xingamentos sofridos pela presidente na abertura da Copa. “O comportamento das pessoas que falaram palavrões para a presidente não era uma questão menor porque ali a impressão é que todo mundo tinha passado por escolas, e o que eu disse e repito é que a escola dá ensinamentos específicos, mas educação a gente aprende é na casa da gente com pai e mãe”, afirmou. “Acho que o que aconteceu com ela na Copa, me fez dobrar todo e qualquer esforço para elegê-la, porque não é da cultura da esquerda deste país, e eu fui da oposição há muitos anos, não é da cultura do povo trabalhador deste país, não é da cultura das mulheres brasileiras desrespeitar as pessoas”, completou Lula.
“Os estádios funcionaram, o metrô funcionou, os voluntários estão dando um show. A gente não tem que brigar com as pessoas que ficaram anos torcendo para dar errado”, disse o presidente sobre a Copa.
Lula falou também sobre corrupção e disse que os governos do PT não varrem denúncias para “debaixo do tapete”.
“Eu sei que tem gente nossa preocupada, porque os adversários nossos só falam em corrupção. Eu desafio todos os governo juntos que tiveram antes de nós. Não criaram metade das leis, portarias, decretos, que criamos para combater a corrupçõo neste país”, disse Lula. (G1)